SEJA LIVRE



– Prende esse cabelo menina,
– Precisa fazer uma escova para reduzir esse volume,
– Nossa como você está magra, precisa tomar um remédio,
– Cara, tem que fazer uma dieta, parar de comer besteira,
– Já tem namorado? Vai casar quando?
-Depois do ensino médio tem que fazer faculdade, escolher um curso que dê dinheiro.
Essas e tantas outras frases repercutiam durante toda minha vida, depois de 21 anos, percebi que vivia num personagem tentando me encaixar em um padrão de beleza, imposto por uma sociedade meramente capitalista e medíocre, sonhando com contos de fadas, com filmes, e novelas onde os protagonistas são perfeitos, passei grande tempo admirando a beleza exterior dos outros, as meninas das capas de revistas, das novelas, filmes  as que possuíam  cabelos lisos e longos, as que eram fitness  e que tinha um corpo “correto 
Ainda estou saindo dessa furada que não sei como e nem quando entrei, nos últimos dias ando me perguntando se felicidade é viver 4,5,6 anos numa sala de aula no tal curso que te prometeu rios de dinheiros, é fazer o mesmo caminho todas as manhãs, é estar no emprego por comodismo, é aprender o truque da maquiagem perfeita para parecer com as blogueiras, nos últimos dias ando me fazendo perguntas que acredito que ao menos todos nós deveríamos fazer, será que realmente estou sendo feliz?
A resposta pode desagradar quando descobrirmos o que é a felicidade, mas o que tenho aprendido depois de toda essa prisão anônima é que a felicidade não está à procura, ela não é algo que tocamos, guardamos e olhamos quando a bad bater, ela não está no pedaço de papel, nem nas pessoas, muito menos no celular.
Ela está dentro de nós!
Ela está no momento em que você decide se libertar daquelas amizades sejam elas virtuais ou presencias, que não acrescentam mais em nada da sua vida, que não vibram mais com suas conquistas, que não se preocupam em lhe perguntar mais como vocês está e talvez por medo ou educação, não desvinculamos e eu te pergunto para que você precisa disso?
Ela está no momento em que nos livramos dos comentários negativos que fizeram sobre as nossas escolhas, infelizmente ninguém pode fazer isso por você, nem a sua família, nem seus amigos, nem seu namorado, noivo ou marido, ninguém a não ser você pode se libertar dos personagens que lamentavelmente criamos dentro de nós.
Ela está no momento em que pomos um fim nas críticas da sociedade e optamos por ser nós mesmo, usando o cabelo que quiser, a roupa que lhe agradar, começando um relacionamento, quando estiver fisicamente, mentalmente e emocionante saudável, não quando os outros te disserem isso.
A liberdade começa quando descobrimos e aceitamos quem realmente somos e pouco importa se os meus gostos, minhas atitudes, minhas escolhas estão inseridas no padrão da sociedade, a liberdade começa dentro de mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: